Óbidos: Francisca Jorge esteve a dois pontos de chegar aos quartos de final

Esteve perto, muito perto, o apuramento de Francisca Jorge para os quartos de final do quadro principal de singulares de um torneio internacional feminino com prémios monetários no valor de 25.000 dólares. A tenista portuguesa de 18 anos entrou bem e no terceiro set esteve a apenas dois pontos de conseguir seguir em frente, mas acabou por sofrer a reviravolta.

Vinda da fase de qualificação, a campeã nacional absoluta somara, até aqui, duas vitórias sobre compatriotas (primeiro derrotou Leonor Oliveira, depois Maria João Koehler), pelo que o duelo desta quinta-feira foi o primeiro frente a uma jogadora estrangeira.

E a italiana Dalila Spiteri (636.ª WTA) o papel de lhe dificultar — e muito — a tarefa: depois de um primeiro parcial que se prolongou por mais de uma hora, e a que se seguiu uma longa interrupção devido à chuva, a italiana conseguiu recuperar. De tal forma que já no set decisivo inverteu uma desvantagem de 5-2 para, em 2h49, selar a vitória com os parciais de 6-7(4), 6-4 e 7-6(4).

Desta forma, Francisca Jorge deixa o torneio de Óbidos com mais uma vitória num quadro principal de singulares mas ainda sem conseguir aceder aos quartos de final de um evento desta categoria. A aniversariante Inês Murta passa, assim, a ser a única representante portuguesa ainda em prova e entra em ação nesta quinta-feira.

Total
1
Shares

Leave a Reply

Total
1
Share