Campeãs pela primeira vez há 19 anos, Serena e Venus vão jogar pares em Roland Garros

Dezanove anos depois da conquista do primeiro título em torneios do Grand Slam das respetivas carreiras, Serena e Venus Williams continuam a olhar para o circuito com o mesmo espírito competitivo e fome de troféus. E a prova disso é o wild card que as norte-americanas pediram e receberam para jogarem pares em Roland Garros.

O torneio que em 1999 as viu inscrever, pela primeira vez, os nomes na lista de campeãs do Grand Slam (entretanto, voltaram a vencer em Paris no ano de 2010) anunciou hoje a lista de duplas convidadas para o quadro principal. E o duo norte-americano é, claro, o mais mediático.

Na terra batida francesa, Serena e Venus — que em conjunto venceram as 14 finais do Grand Slam que disputaram — vão lutar pelo regresso às vitórias, elas que saíram vencedoras do último Major que jogaram lado a lado (Wimbledon 2016).

Desde aí, apenas dois torneios (e duas desilusões): a derrota na primeira ronda dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e na eliminatória da Fed Cup frente à Holanda, já este ano e em “moldes” diferentes, dado ter sido o primeiro encontro oficial de Serena em mais de um ano.

Lista de convidadas para o quadro de pares de Roland Garros:

Manon Arcangioli/Sherazad Reix
Amandine Hesse/Pauline Parmentier
Sara Cakarevic/Jessika Ponchet
Tessah Andrianjafitrimo/Fiona Ferro
Virginie Razzano/Jade Suvrijn
Venus Williams/Serena Williams
Clara Burel/Diane Parry

Total
2
Shares

Leave a Reply

Total
2
Share