Nadal pragmático: “Não estive bem e Thiem foi melhor que eu”

Nadal mmo
Fotografia: Mutua Madrid Open

Rafael Nadal cedeu esta sexta-feira frente a Dominic Thiem, em dois sets, nos quartos de final do Masters de Madrid, num dia em que esteve bastantes furos abaixo do que já lhe vimos fazer recentemente.

“Ele foi melhor que eu. Esta semana foi o adversário mais difícil que defrontei, com certeza”, referiu o maiorquino em conferência de imprensa, sublinhando que não se sentiu confortável em court: “Condições de jogo difíceis. Não consegui criar-lhe grandes dificuldades e a bola aqui voa muito e ele coloca-lhe muito efeito”.

“Se não começas com boas sensações no início, depois tudo corre mal. Não joguei bem e então todas as bolas me pareciam mais difíceis. Nunca estive numa posição suficientemente boa para colocar a bola nas linhas, para abrir o court. Ele adaptou-se melhor às condições”, acrescentou Nadal, que com este desaire entrega o primeiro lugar da hierarquia a Roger Federer.

“É difícil manter o número 1 sem competir durante cinco meses. Não terminei um único torneio de Xangai a Monte Carlo. O ranking ATP é assim”.

Entretanto, já é conhecido o quadro principal do Masters de Roma, estando Nadal à espera do desfecho do duelo entre Fernando Verdasco e Damir Dzumhur, para saber quem defronta na segunda ronda. O espanhol precisa de se sagrar campeão na cidade eterna para recuperar o primeiro lugar do ranking.

Total
1
Shares

Leave a Reply

Total
1
Share