Cidade eterna acolhe o regresso do Conquistador (e este é o seu primeiro opositor)

Joao Sousa ie

João Sousa (48.º) está a poucas horas de regressar à competição, no seguimento da conquista do título de campeão da 4.ª edição do Millennium Estoril Open.

O número 1 português voltou a cravar a letras douradas o seu nome na história do ténis português, no passado domingo, mas o tempo agora é de apontar baterias para o Masters de Roma.

A fase de qualificação começa este sábado e tem a presença do tenista vimaranense, segundo pré-designado, no quadro, sendo que o sorteio realizado hoje (sexta-feira) ditou um confronto com o argentino Horacio Zeballos (100.º).

O vencedor deste encontro alusivo à primeira ronda encara na segunda e última fase quem sair vitorioso do embate que opõe o argentino Nicolas Kicker (94.º) ao chileno Nicolas Jarry (63.º).

A realizar a melhor época da carreira em terra batida, o pupilo de Frederico Marques prepara-se para ir a jogo no Masters sediado no Foro Italico pela quinta vez na carreira. Em 2017, o melhor que conseguiu foi vencer sete jogos ao britânico Kyle Edmund (6-3 e 6-4), num compromisso alusivo à primeira ronda do quadro principal.

Alexander Zverev é o campeão em título, ele que se tornou no primeiro tenista que não Rafael Nadal, Novak Djokovic ou Andy Murray a vencer a prova desde 2004 (Carlos Moyá).

Total
2
Shares

Leave a Reply

Total
2
Share