Pablo Carreño Busta: “Uma final com um português seria um momento especial”

Pablo Carreño Busta teve esta terça-feira o primeiro contacto com a imprensa presente no Millennium Estoril Open

ESTORIL – Campeão da última edição do Millennium Estoril Open, Pablo Carreño Busta fez esta terça-feira a antevisão à sua participação no maior evento nacional.

O tenista natural de Gijón abordou alguns temas interessantes, desde a pressão de jogar em casa, do facto de poder disputar a final do torneio com um jogador português e sobre a forma em que chega ao Clube de Ténis do Estoril.

“Sinceramente não sabia como iria chegar a Barcelona e depois aqui ao Estoril, mas depois das meias-finais venho com confiança e com vontade de ganhar o título”, disse o espanhol que na semana passada esteve a uma vitória de alcançar a final em Barcelona.

Depois de garantir que era sempre difícil jogar em casa, o jogador de 26 anos fez uma analogia com o português João Sousa. “Quando não estás habituado, no caso do João só tem um torneio em Portugal, queres fazer tudo bem diante da família e dos amigos, todos esperam bons resultados e tu ficas com muita pressão em cima”, constatou.

No entanto, Pablo Carreño Busta, como um dos melhores amigos de Sousa no circuito, confia plenamente nas capacidades do português. “O João não tem conseguido mostrar aqui o que mostra lá fora, mas eu conheço-o muito bem e confio que ele vai fazer um bom resultado”.

Sobre a hipótese de disputar a final com um português, o jogador residente em Barcelona afirma que “aceitaria” com muito orgulho. “Claro que seria especial, mas seria um desafio muito grande. O público gosta bastante de mim, sei que bastantes espanhóis vêm cá assistir ao torneio, mas certamente a maioria iria apoiar o jogador português, fosse o João ou o Pedro Sousa“, concluiu.

O espanhol estreia-se esta quarta ou quinta-feira com o vencedor do encontro entre o qualifier Tim Smyczek (carrasco de Frederico Gil e Francisco Cabral) e o argentino Nicolas Kicker. O jogo será disputado ainda esta terça-feira no Court 3 do Clube de Ténis do Estoril.

Diogo Leite
Licenciado em Gestão e com o Mestrado em Finanças concluído. É um apaixonado por ténis e padel. Adora conhecer tudo e todos dentro da modalidade, bem como estar a par das recentes notícias.