Angelique Kerber: “A chave foi conseguir correr até ao fim”

Angelique Kerber AO 2018
Fotografia: Ben Solomon/Tennis Australia

Angelique Kerber teve que ultrapassar uma maratona rumo aos quartos de final do Australian Open frente a Hsieh Su-Wei, tendo deixado fortes elogios à sua adversária na conferência de imprensa.

A tenista alemã, atual número 16 no ranking WTA, fez uma análise bastante lúcida do encontro: “Acho que a chave do encontro foi conseguir correr até ao fim. Estava a sentir que estava a correr do primeiro até ao último ponto. Muitos metros mesmo, até.”

Sobre a sua adversária, que já tinha deixado para trás Radwanska e Muguruza, Kerber só teve elogios: “Acho que ela é mesmo uma jogadora muito talentosa. Ela consegue fazer winners e teve resposta para todas as pancadas que eu fiz nas duas primeiras partidas, honestamente”, observou a antiga campeã da prova.

Para Angelique Kerber, segue-se agora a potente norte-americana Madison Keys, que tem um estilo de jogo muito distinto de Hsieh: “É um encontro completamente diferente. Sei o que esperar. Ela é uma jogadora que bate muito forte na bola e tem um excelente serviço”.

Total
2
Shares
Total
2
Share