John McEnroe aposta numa “final entre Nadal e Federer”

John McEnroe

John McEnroe concedeu uma entrevista ao jornal espanhol Marca durante o Australian Open, na qual analisou o torneio e fez as suas próprias previsões. Para a antiga glória do ténis norte-americano, a final da 106.ª edição do primeiro Grand Slam da época será uma reedição da decisão do ano passado da prova.

“A pergunta que fazemos todos é qual o jogador que será capaz de ganhar sem contar com os habituais (…) de qualquer forma, aposto numa final FedererNadal“, é esta a previsão que o norte-americano faz tendo a conta a final do próximo domingo. Apesar disto, McEnroe garantiu que “o melhor que se podia passar seria ver um jovem a ganhar este ano na Austrália, quem sabe Kyrgios ou Dimitrov“.

McEnroe comentou ainda que “defende há mais de 34 anos que os jogadores devem formar a sua própria associação”, algo que vai de encontro à ideia de Novak Djokovic de fazer um sindicato “semelhante àquele que existe na NBA, no futebol americano ou no hóquei”.

Quando questionado sobre o regresso de Nadal, o campeoníssimo americano mostrou-se “preocupado quando viu a sua desistência de Brisbane, no entanto as minhas dúvidas desapareceram quando vi o seu primeiro jogo aqui em Melbourne”.

“Atualmente estamos a falar de três dos cinco melhores jogadores de todos os tempos [Nadal, Federer e Djokovic]. Se jogam em [recinto] coberto prefiro o Federer, se é terra Rafa, em superfície mais lenta Nadal, se for mais rápida Roger. Mas no geral, hoje digo que o melhor é Federer”, concluiu John McEnroe.

Total
1
Shares
Total
1
Share