Simona Halep: “Estou quase morta, sinto que os meus músculos desapareceram”

Simona Halep
Fotografia: Ben Solomon/Tennis Australia

Simona Halep é a jogadora do dia. A romena, número 1 mundial, sobreviveu a uma enorme batalha frente à norte-americana Lauren Davis, vencendo no “prolongamento” do terceiro e decisivo parcial quando já passavam 3h46 desde o início da contenda.

Foi o duelo do dia e até do torneio — pelo menos no que ao quadro feminino diz respeito — e mesmo assim a romena teve forças para falar ao público da Rod Laver Arena de uma forma divertida: “Estou quase morta mas foi bom podermos mostrar bom ténis, espero que tenham gostado. Sinto que os meus músculos desapareceram, a minha anca… Não sei como é que está a minha anca porque já não sinto nada mas foi bom estar em campo e é muito bom ter conseguido vencer este encontro.”

Sobre o duelo com Lauren Davis, Simona Halep diz que “nunca tinha jogado um terceiro set tão longo e foi sem dúvida um encontro muito duro. Estive a perder por 0-40 com três match points, não foi fácil, mas continuei a jogar e a acreditar que ainda não tinha chegado ao fim, apesar de ela estar na liderança. Dei tudo o que tinha hoje e na verdade estou muito orgulhosa por ter conseguido ganhar. Não foi nada, nada fácil. Ela jogou muito bem.”

Questionada sobre o momento em que enfrentou três match points, a líder do ranking mundial confessou que “naquele momento, honestamente pensei que tinha terminado. Mas foi bom porque relaxei o meu braço e servi bastante bem nesses três pontos. E depois ela pediu o medical time-out e eu tive tempo de me acalmar, fazer um restart à minha mente e começar a acreditar outra vez.”

Sobre a lesão no tornozelo esquerdo que a tem afetado em todos os encontros, Simona Halep contou que “sinto a dor, não é recuperável desta forma, é impossível recuperar depois de um encontro. E acho que depois deste encontro amanhã ainda vai estar pior, mas eu continuo a puxar, puxar e vamos ver o que é que acontece.”

Muitos elogios à adversária

Depois de uma batalha como a deste sábado, não poderiam, naturalmente, faltar muitos elogios à adversária, e assim foi. Simona Halep tem Lauren Davis em grande consideração e teceu bons comentários em relação à norte-americana, que é a 76.ª classificada do ranking:

“Acho que hoje ela jogou ténis ao mais alto nível e a esquerda dela em certos momentos foi demasiado boa. Estava a movimentar-se muito rapidamente e muito bem e eu sabia isso. Mas já tinha jogado contra ela há uns anos, em Indian Wells, e o resultado e o encontro tinham sido mais fáceis. Melhorou muito e o que posso dizer é que é uma grande atleta e também uma grande jogadora. Conseguiu manter-se mentalmente muito forte por isso muitos, muitos parabéns.”

Total
1
Shares
Total
1
Share