Del Potro elogia Berdych: “Ele pode ganhar a qualquer um”

Tomas Berdych e Juan Martin del Potro
Fotografia: Tennis Australia

O encontro entre Juan Martín del Potro e Tomas Berdych era um dos pratos fortes da jornada desta sábado. De um lado o sempre perigoso campeão do US Open em 2009, do outro lado o checo que vinha bastante confiante depois de vencer o Tie Break Tens e a jovem esperança australiana Alex de Minaur.

No entanto, o jogo acabou por ter apenas um sentido e quem o admitiu foi o próprio del Potro: “A minha análise é o que se viu no campo, senti o Tomas sempre num nível superior. Ele teve um plano muito inteligente e cumpriu-o na perfeição”, afirmou o argentino depois de ser derrotado por 6-3, 6-3 e 6-2.

Questionado sobre as hipóteses de Berdych durante a próxima semana, o atual número 10 do mundo não tem dúvidas de que “quando o Tomas está em condições joga a este nível e não só me pode ganhar como pode vencer qualquer um e, quem sabe, o torneio”.

Ainda segundo as declarações recolhidas pelo jornal La Nación durante a conferência de imprensa, o argentino diz que “chegar a uma final e ganhar dois jogos no Australian Open já foi positivo. O meu principal objetivo este ano é realizar todos os torneios que planeei, algo que não fiz no ano passado”, concluiu.

Total
2
Shares

Leave a Reply

Total
2
Share