Os primeiros vencedores do Australian Open 2018

Australian Open Hisense Arena

Dos 365 dias do ano, 56 são preenchidos com ténis de torneios do Grand Slam. Por isso, não é de estranhar que a ansiedade aumenta com o aproximar do Australian Open. E o mesmo se pode ser da paixão por todos os detalhes, como o simples apontar dos primeiros vencedores de cada Major. Foi o que voltámos a fazer esta segunda-feira, dia 15 de janeiro. Aqui estão eles:

Primeiro ponto: 

Magdalena Rybarikova – Foi no Show Court 2 que o primeiro ponto do Australian Open foi ganho. A eslovaca Magdalena Rybarikova, 19.ª cabeça de série, antecipou-se aos restantes tenistas que entraram em ação no primeiro “bloco” do Grand Slam australiano e venceu o ponto inaugural frente a Taylor Townsend.

Primeiro jogo:

Sofia Kenin – No que a jogos diz respeito, foi a jovem Sofia Kenin quem se adiantou primeiro no marcador. Em ação na Hisense Arena, um dos maiores palcos de Melbourne Park, a norte-americana segurou o serviço frente a Julia Goerges para conquistar o primeiro jogo de todo o torneio.
 

Primeiro break:

Magdalena Rybarikova – Reflexo da entrada de rompante da tenista eslovaca, também o primeiro break da nova edição do Australian Open foi assinado por Magdalena Rybarikova.

Primeiro set:

Magdalena Rybarikova – E o primeiro set foi para, adivinhe-se… Isso mesmo, a responsável pela conquista do primeiro ponto e break de todo o torneio. Com o pé no acelerador desde o primeiro instante, a número 21 do mundo não perdeu tempo e depressa se colocou em vantagem frente a Taylor Townsend. Com o set, chegou também o primeiro bagel (ou “pneu”, na tradução livre para português).

Primeiro tiebreak:

Alexander Dolgopolov – Foi no quadro masculino que se jogou e concluiu o primeiro tiebreak. O tenista (e designer) ucraniano “foi à distância” para vencer o primeiro parcial do encontro perante Andreas Haider-Maurer, da Áustria, por 7-6(3).

Primeira vitória:

Ying-Ying Duan – Num dos duelos de primeira ronda com média de classificação mais baixa, a chinesa Ying-Ying Duan (100.ª classificada) brilhou frente à colombiana Mariana Duque-Mariño (109.ª) e só por um triz não saiu de campo com um double bagel (ou duplo pneu) a seu favor. No final, o resultado ficou estabelecido em 6-0 e 6-1, com a tenista asiática a dar um importante primeiro passo rumo à defesa dos pontos alcançados em 2017, quando atingiu a terceira etapa.


Não que se trate de um vencedor, muito pelo contrário, mas ainda assim é digno de ser assinalado:

Primeira “sobrecarga”

Website oficial do Australian Opennão foi preciso esperar muito até o website oficial do torneio ficar indisponível. Na verdade, segundos bastaram para que ficasse inacessível aos utilizadores, que rapidamente deram conta do episódio nas redes sociais. Esta parece ser uma edição negra para o “sítio” do torneio, que ao longo dos últimos dias tem recebido muitas críticas à formatação que apresenta para este ano.

Ao mesmo tempo, também a aplicação oficial para dispositivos móveis (smartphones tablets) acusou problemas, nomeadamente na apresentação dos resultados em direto.

Total
1
Shares
Total
1
Share