Caroline Wozniacki: “Estou orgulhosa das minhas conquistas”

CarolineWozniacki3
Fotografia: USTA/Brad Penner

A poucos dias de iniciar a sua prestação no quadro principal do Australian Open, a atual número 2 do ranking mundial, Caroline Wozniacki, mostra estar bastante feliz com tudo aquilo que já conquistou até agora, mas também grata pelos desafios que lhe foram colocados ao longo destes anos no circuito profissional.

Em declarações publicadas no website oficial do Grand Slam australiano, a dinamarquesa não esconde o orgulho que sente da “ótima carreira” que construiu. “Estou orgulhosa das minhas conquistas, bem como de ter tido a capacidade de lutar por este caminho desde que era uma criança pequena que, de repente, se tornou numa das melhores tenistas do mundo. Muito poucas pessoas podem dizer algo do género, e eu tenho orgulho nisso”, afirmou.

Para a detentora de 27 títulos de singulares do circuito WTA, a lesão sofrida no tornozelo há cerca de 17 meses e que a arrastou para o 74.º posto do ranking foi um ponto de viragem na sua carreira. “Esse período de pausa no ténis foi ótimo para mim. Gostei muito de estar por casa a fazer coisas normais, e não estar capacitada para ‘bater umas bolas’ até soube bem”.

“Quando regressei, levei o meu tempo para garantir que estava totalmente recuperada e que o meu corpo estava em condições. Quando me senti pronta, voltei e estava a gostar muito de competir. Eu acredito firmemente que tudo acontece por uma razão e talvez eu não estivesse aqui se isso não me tivesse acontecido”, confessou a dinamarquesa.

Como Wozniacki já tinha mencionado no último US Open, torna-se muito importante adaptar o tipo de treino às condições físicas específicas de cada atleta, e a dinamarquesa sente essa necessidade. “Porque, como se sabe, todos querem permanecer jovens. E eu não sou velha, mas tenho viajado pelo circuito durante muitos anos … e o corpo não pode lidar com o mesmo com que lidava quando tinha 18 ou 19 anos”.

Total
2
Shares

Leave a Reply

Total
2
Share