Mais uma semana, mais uma estreia (bem) complicada para Maria Sharapova

O ranking que ocupa ainda não lhe permite entrar de forma direta na grande maioria dos quadros, nem tão pouco ser cabeça de série. Por isso, não é surpreendente ver o nome de Maria Sharapova junto ao de outras grandes jogadoras logo nas primeiras rondas, mas não deixa de ser digno de registo.

Na próxima semana, a tenista russa (que é a 104.ª do ranking) vai jogar o torneio WTA de Tianjin, uma das maiores cidades da China, que conta com cerca de 15 milhões de habitantes, e ditou o sorteio que na primeira ronda vai medir forças com Caroline Garcia.

Ora, a tenista francesa está precisamente a viver um dos melhores momentos da carreira: é a número 15 do mundo e soma 12 vitórias em 13 encontros desde o US Open, a última das quais conseguida já este sábado, em Pequim, sobre Petra Kvitova para chegar à final de mais um torneio.

A jogadora que sair com a vitória desse encontro terá pela frente ou Magda Linette, da Polónia, ou Kateryna Bondarenko, da Ucrânia, na segunda eliminatória.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."