Caroline Wozniacki chega a “marca redonda” em torneios do Grand Slam

Aos mais distraídos, o encontro da primeira ronda do US Open entre Caroline Wozniacki e Mihaela Buzarnescu não passaria de “mais um” entre os muitos que preencheram o primeiro dia de ténis em Nova Iorque. Mas foi mais do que isso, e em pelo menos dois aspetos.

Wozniacki, de 27 anos e atual número 5, e Buzarnescu, de 29 e atual 133.ª, defrontaram-se 12 anos depois de terem estado frente a frente na final do prestigiado Orange Bowl. Na altura, a dinamarquesa venceu (por 6-1 e 6-4) e hoje o resultado voltou a repetir-se, mas com 6-1 e 7-5 para avançar à segunda ronda de um torneio onde já jogou a final por duas vezes — em 2009 e 2014.

Mas há mais: ao derrotar Mihaela Buzarnescu, Caroline Wozniacki chegou às 100 vitórias em torneios do Grand Slam, tornando-se na 10 jogadora entre todas as que estão em atividade a superar a celebrar uma centena de triunfos nos quatro Majors.

A lista é liderada por Serena Williams (316), que é “perseguida” por Venus Williams (257), Maria Sharapova (183*), Svetlana Kuznetsova (151), Victoria Azarenka (121), Agnieszka Radwanska (120), Jelena Jankovic (105) e Patty Schnyder (101).

*Notícia escrita e publicada no website às 01h20 de terça-feira, ainda antes do desfecho do encontro entre Maria Sharapova e Simona Halep.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."