João Monteiro e a sua participação no Lisboa Belém Open: “Venho para dar o meu melhor”

LISBOA – Inicia-se nesta segunda-feira o quadro principal do Lisboa Belém Open e João Monteiro será primeiro de sete portugueses a entrar em court na variante de singulares. O tenista portuense, que se apresenta no CIF na 395.ª posição, falou ao RAQUETC sobre a importância de um torneio Challenger em solo nacional e das suas expetativas para a prova que se joga entre os dias 10 e 18 de junho.

“É muito importante aparecer um Challenger nesta altura. Com o momento que o ténis português atravessa há muitos jogadores que estão a precisar dos pontos dos Challenger e entram diretos. Ter um torneio aqui em casa é importante, principalmente para alguns jogadores como o Pedro [Sousa] e o João Domingues”, começou por dizer o campeão nacional absoluto.

Vindo de um título em Espanha e depois de ter estado a bom nível no Millennium Estoril Open, Monteiro comentou a importância desses momentos para a preparação deste torneio.

“Neste ano tem acontecido de tudo um pouco, o Estoril Open foi uma excelente experiência por isso acho que vem me preparar um bocadinho para este Challenger. Não é um nível tão elevado como um torneio ATP, mas acaba por ser organizado pela ATP e tem jogadores do top-100 por isso acho que será uma ótima experiência para mim e espero poder vir a pontuar neste torneio”, afirmou, revelando que o principal objetivo é dar o máximo.

“Acho que o primeiro jogo dos torneio é sempre o mais importante e às vezes acaba por ser o mais complicado. Não venho com grandes objetivos, venho para dar o meu melhor e os resultados acabarão por acontecer”, finalizou o tenista de 23 anos que tem estreia marcada frente a Taro Daniel.

Francisco Semedo
Licenciado em Turismo e a tirar Mestrado em Ciências da Comunicação, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.