Gonçalo Oliveira derrotado na final de pares

Chegou ao fim mais uma boa campanha em solo tunisino de Gonçalo Oliveira, que se sagrou na tarde deste sábado vice-campeão de pares do Future de 15.000 dólares de Hammamet.

A defender o estatuto de terceiro pré-designado ao lado do tunisino Moez Echargui, o tenista portuense de apenas 22 anos de idade não conseguiu ser bem sucedido numa final disputada naquela localidade pela terceira vez em 2017, sucumbindo frente aos tunisinos Aziz Dougaz e Skander Mansouri pelos parciais de 7-6(4) e 6-1.

Assim, Gonçalo Oliveira gora a conquista do seu quarto título na presente temporada e 20.º da carreira e parte agora para Portugal com vista a disputa do quadro principal do Lisboa Belém Open.

Avatar
Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.