Felipe Cunha e Silva fica pela ronda um do qualifying do Lisboa Belém Open

LISBOA – Depois das eliminações de Nuno Deus, Francisco Cabral, e Diogo Lourenço, Felipe Cunha e Silva também ficou pelo caminho no seu encontro de estreia no Lisboa Belém Open, ao ser afastado pelo espanhol David Vega.

Com o favoritismo do lado do espanhol, o pupilo de João Cunha e Silva acabou por não conseguir dar grande resistência ao número 733 mundial, acabando eliminado ao fim de dois parciais por 6-1 e 6-1.

Fora da vertente de singulares, o jovem de 20 anos disputará ainda a prova de pares ao lado de João Monteiro, com quem já contabiliza dois títulos esta temporada em torneios Future.

Francisco Semedo
Licenciado em Turismo e a tirar Mestrado em Ciências da Comunicação, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.