Tomas Berdych e Goran Ivanisevic terminam parceria

Tomas Berdych anunciou esta segunda-feira, via Twitter, que vai deixar de trabalhar com Goran Ivanisevic. O tenista checo tinha iniciado a parceria com o croata em agosto de 2016.

Atualmente no 14.º lugar do ranking mundial ATP, Berdych recorreu ao Twitter para anunciar que “não vou continuar a trabalhar com o Goran”, garantindo que os dois vão continuar “ótimos amigos” e desejando “a melhor das sortes” no futuro ao agora seu ex-treinador.

Sob o olhar atento de Goran Ivanisevic (que enquanto jogador venceu o torneio de Wimbledon em singulares depois de três finais perdidas e chegou ao segundo posto do ranking mundial), Berdych sagrou-se campeão do torneio de Shenzhen, logo na época de 2016, e, mais recentemente, vice-campeão em Lyon, onde perdeu a final para Jo-Wilfried Tsonga.

Antes de treinar Berdych, Ivanisevic acompanhou o compatriota Marin Cilic entre 2013 e 2016. Foi, aliás, nesse período que Cilic viveu a melhor fase da carreira, ao sagrar-se campeão do US Open em 2014.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."