Novak Djokovic sofre mas segue em frente

Foi preciso saber sofrer. O sérvio Novak Djokovic garantiu esta sexta-feira o apuramento para a quarta ronda de Roland Garros depois de ter conseguido sair de uma situação complicada frente ao argentino Diego Schwartzman (41.º), um dos tenistas mais aguerridos do circuito.

O número dois mundial e campeão em título do torneio parisiense viu o seu adversário vencer dois dos três primeiros sets e foi obrigado a aplicar-se para dar a volta ao texto, acabando por triunfar ao fim de três horas e 18 minutos com parciais de 5-7, 6-3, 3-6, 6-1 e 6-1.

Ultrapassado um difícil obstáculo, o sérvio de 30 anos, que esteve alguns furos abaixo do nível exibido na ronda anterior frente a João Sousa, vai defrontar no jogo de acesso aos quartos de final o espanhol Albert Ramos-Vinolas, que derrotou Lucas Pouille em cinco partidas – 6-2, 3-6, 5-7, 6-2 e 6-1.

Artigo atualizado às 19h07.

Total
1
Shares
Total
1
Share