Troicki proibido de assistir a jogos da Davis

Suspenso até 2015 por se ter recusado a fazer um exame ao sangue tendo em vista um controlo anti-doping, o sérvio Viktor Troicki foi proibido de entrar na Arena de Belgrado para assistir ao embate das meias-finais da Taça Davis entre a Sérvia e o Canadá.
Protagonista da última vitória da Sérvia frente à França em 2010, naquele que é, até à data, o único título do seu país na competição, Troicki não disputa qualquer torneio oficial desde julho, quando saiu derrotado na segunda eliminatória do ATP 250 de Umag, e assim deverá permanecer até ao princípio da temporada de 2015, falhando a presença em cinco torneios do Grand Slam.
Apesar da polémica decisão da Federação Internacional de Ténis, Troicki limitou-se a recorrer ao Comité Arbitral do Desporto, não prestando quaisquer declarações, mas o número um mundial Novak Djokovic não deixou passar a situação: “Quero que ele vença o caso, ele não tem culpa de toda a situação. Não é um terrorista ou um assassino, esta situação não é satisfatória. A presença dele não prejudicaria ninguém, porque acima de tudo ele é nosso amigo e não nos vai influenciar durante os encontros.”
Quanto à Sérvia, terminou o primeiro dia de competição das meias-finais da Taça Davis empatada a 1 com o Canadá, depois dos triunfos de Novak Djokovic e Milos Raonic, as principais estrelas da eliminatória.

Total
0
Shares
Total
0
Share