Roger Federer jogará pares em Xangai

Roger Federer não pára de surpreender e, depois de ter optado por disputar os torneios de Gstaad e Hamburgo (em terra batida) entre Wimbledon e a temporada de piso rápido norte-americana, anuncia agora que disputará o quadro principal de pares do ATP Masters 1000 de Xangai, na China, ao lado de Ze Zhang.
Actualmente no sexto lugar da hierarquia mundial de singulares, o tenista suíço de trinta e dois anos conta com oito títulos conquistados na variante de pares e disputará apenas pela segunda vez na temporada um encontro ao lado de outro jogador – depois de ter sido derrotado na eliminatória inaugural do torneio de Halle (onde alinhou ao lado do alemão Tommy Haas).
Desta feita, Federer formará dupla com o chinês Ze Zhang, que ocupa o 180º lugar do ranking mundial masculino e que disputa o torneio por intermédio da organização (depois de ter atingido a meia-final no Challenger local), de forma a tentar atrair público para o mais importante torneio chinês da actualidade.
Zhang, um confesso admirador do melhor tenista suíço de todos os tempos e detentor do recorde de títulos do Grand Slam ganhos e de semanas passadas no topo do ranking mundial, mostrou-se muito animado com a novidade: “Quando ouvi isto pela primeira vez fiquei muito surpreendido, mas estou sem dúvida animado por poder aprender algo nestes encontros.”
Apesar do seu palmares ser bastante mais recheado no que toca à vertente de singulares, a verdade é que Roger Federer conta com boas recordações da China no que à modalidade de pares diz respeito, dado que foi precisamente no país asiático que se tornou campeão olímpico ao lado de Stanislas Wawrinka (em 2008).

Total
0
Shares
Total
0
Share