Irmãos Bryan revalidam título em Melbourne

Bob e Mike Bryan. Treze. À partida, os dois gémeos norte-americanos podem não ter muito haver com o número treze mas, este sábado, Bob e Mike derrotaram Robin Haase e Igor Sijsling na final do Australian Open e conquistaram o seu décimo terceiro título major.
Primeiros cabeças de série do torneio, Bob e Mike derrotaram na final de hoje a dupla holandesa ao cabo de duas partidas, pelos parciais de 6-3 6-4, completando assim um percurso de sucesso onde, curiosamente, não enfrentaram quaisquer pré-designados e que lhes permite ultrapassar a marca de John Newcombe e Tony Roche, que contavam com doze títulos conquistados.
A dupla norte-americana mostrou mais uma vez ser a melhor da actualidade e não cometeu qualquer erro não forçado ao longo de todo o encontro, enquanto Haase e Sijsling cometeram oito, compensando o facto de terem somado menos três winners que os holandeses. No capítulo dos break points, Bob e Mike também foram superiores, ao vencerem três dos quatro de que dispuseram e ao cederem apenas um-
Foi o sexto título da dupla em Melbourne Park (já haviam vencido em 2006, 2007, 2009 e 2011), a que se juntam ainda triunfos em Roland Garros (2003), Wimbledon (2006 e 2011) e US Open (2005, 2008, 2010 e 2012).
A partir da próxima sexta-feira, os irmãos Bryan disputam a primeira eliminatória do Grupo Mundial da Taça Davis frente ao Brasil, em Jacksonville, nos Estados Unidos da América.

Total
0
Shares
Total
0
Share