O ponto mais longo do Australian Open

Gilles Simon e Gael Monfils entraram este sábado para a história da 101ª edição do Australian Open 2013 ao levarem o seu encontro a uma quinta partida que por apenas dezassete minutos não ultrapassou as cinco horas de duração.
Ultrapassadas diversas dificuldades físicas em várias fases cruciais do encontro, os dois franceses protagonizaram excelentes pontos (doze dos quais fazem parte do lote dos dezasseis mais longos do torneio) e um deles ultrapassou mesmo a barreira das setenta pancadas, com Simon a levar a melhor no final do ponto mais longo da edição de 2013 do torneio até à data. Os dois minutos e nove segundos de duração acabaram por tornar o ponto no rally mais longo de sempre em torneios do Grand Slam.


Total
0
Shares
Total
0
Share