Ferrer e Berdych nos quartos-de-final

David Ferrer e Tomas Berdych continuam a vencer em Melbourne Park e este domingo apuraram-se para os quartos-de-final do Australian Open 2013, o primeiro torneio do Grand Slam da temporada, para onde seguiu igualmente Nicolas Almagro, que beneficiou da desistência de Janko Tipsarevic.
Quarto cabeça de série, o espanhol voltou uma vez mais a mostrar-se muito sólido defensivamente e beneficiou do cansaço físico do japonês Kei Nishikori, décimo sexto cabeça de série, que a meio do encontro chegou mesmo a tomar analgésicos. Mais experiente, Ferrer apresentou-se muito mais consistente e alinhou apenas vinte quatro erros não forçados, enquanto o jogador nipónico somou sessenta e cinco erros directos e escreveu a sua própria sentença, saído derrotado por 2-6 1-6 4-6.
Com a vitória, David Ferrer apurou-se para os quartos-de-final do torneio australiano pela quarta vez na sua carreira (tendo mesmo atingido as meias-finais em 2011) e defende assim os pontos da edição transacta. O espanhol voltará a ser, na próxima terça-feira, o favorito a seguir em frente, dado que enfrentará o seu compatriota Nicolas Almagro (que hoje liderava por 6-2 5-1 frente a Janko Tipsarevic quando o sérvio desistiu devido a uma lesão no pé), contra quem venceu os doze encontros que disputou.
Tomas Berdych foi o outro atleta a vencer o seu encontro e justificar o estatuto de cabeça de série. Campeão da Taça Davis pela República Checa na última temporada e quinto favorito ao título em Melbourne, o vice-campeão de Wimbledon em 2010 parecia encaminhado para uma vitória rápida e tranquila frente a Kevin Anderson, mas o sul-africano conseguiu elevar o nível de jogo e forçar Berdych a um tiebreak que apenas lhe terminou favorável a 15-13. 
A vitória, por 6-3 6-2 7-6(13), permite ao checo igualar os resultados das duas últimas edições e aguardar agora pelo vencedor do encontro entre Novak Djokovic e Stanislas Wawrinka.

Total
0
Shares
Total
0
Share