Federer, Tsonga e Gasquet seguem em frente

[Actualizado] Roger Federer continua a comandar a armada europeia que vai somando vitórias atrás de vitórias nos courts de piso rápido de Melbourne Park, onde se disputa o primeiro Grand Slam da temporada. Além do suíço, também a armada francesa continua a somar grandes prestações e, ao longo do dia de hoje, foram quatro os atletas franceses a garantir o apuramento para os oitavos-de-final do Australian Open.
Grande favorito do público presente na Rod Laver Arena, mesmo defrontando um jogador da casa, Roger Federer alinhou uma vez mais uma exibição repleta de jogadas muito bem estruturadas e conseguidas e levou a melhor num encontro em que Bernard Tomic deixou novamente indícios de consistência, cerca de uma semana após ter vencido o seu primeiro torneio profissional. Com quarenta e seis winners e vinte erros não forçados, o suíço triunfou por 6-4 7-6(5) 6-1 depois de duas horas e oito minutos de encontro, somando a sua 250º vitória em torneios do Grand Slam.
Nos oitavos-de-final, Federer terá pela frente Milos Raonic, que continua também ele a ultrapassar os seus adversários sem grandes dificuldades. Esta manhã, o canadiano venceu Philip Kohlschreiber por 7-6(4) 6-3 6-4.
Jo-Wilfried Tsonga e Richard Gasquet, respectivamente sétimo e nono pré-designados, carimbaram igualmente a passagem à segunda semana do torneio australiano, ao derrotarem Blaz Kavcic por 6-2 6-1 6-4 e Ivan Dodig por 4-6 6-3 7-6(2) 6-0. Os dois franceses medirão agora forças na quarta ronda, protagonizando um dos encontros mais aguardados da ronda e garantido a presença de pelo menos um jogador gaulês nos quartos-de-final. A jornada contou ainda com a surpreendente vitória de Jeremy Chardy sobre Juan Martin del Potro. [Actualização] No último encontro do dia, o décimo quarto cabeça de série Gilles Simon levou a melhor no duelo 100% francês frente a Gael Monfils após quatro horas e quarenta e três minutos de jogo e cinco sets, num encontro em que os dois foram assistidos (Simon queixou-se várias vezes de problemas nas costas e de cãibras, enquanto Monfils tinha bolas na mão direita, que afectavam a execução das suas pancadas), vencendo pelos parciais de 6-4 6-4 4-6 6-1 8-6. Nos oitavos-de-final, Simon terá pela frente o britânico Andy Murray, que no início da jornada somou um triunfo em três sets.


Total
0
Shares
Total
0
Share