Del Potro eliminado, Murray na quarta ronda

Vencedor do US Open em 2009 e actual bicampeão do Estoril Open, o argentino Juan Martin del Potro acabou este sábado eliminado na terceira ronda do quadro principal do Australian Open 2013 pelo francês Jeremy Chardy, depois de uma longa batalha de quatro sets. Andy Murray, pelo contrário, conseguiu confirmar o favoritismo e avançar para a segunda semana da prova.
Sexto cabeça de série, Del Potro tinha os quartos-de-final da edição transacta a defender e, para isso, teria de vencer mais dois encontros em Melbourne Park, o que parecia acessível depois dos seus dois primeiros encontros, que lhe valiam até à data o estatuto de jogador com menos jogos cedidos (apenas treze). Contudo, o argentino de vinte e quatro anos não entrou bem no encontro e viu Chardy chegar à liderança de dois sets a zero, que o forçou a recuperar e adiar a decisão para uma quinta partida onde, mais uma vez, não conseguiu estar à altura, acabando derrotado pelos parciais de 3-6 3-6 7-6(3) 6-3 3-6, num enconro em que somou 36 winners e somou 35 erros não forçados, contra os 78 pontos ganhantes do gaulês e 64 erros não forçados.
Na quarta ronda do primeiro Grand Slam da temporada, Chardy terá pela frente o vigésimo primeiro cabeça de série Andreas Seppi, de Itália, que também teve de disputar cinco partidas para ultrapassar o croata Marin Cilic (décimo segundo pré-designado), acabando por triunfar por 6-7(2) 6-3 2-6 6-4 6-2.
Em frente seguiu igualmente o britânico Andy Murray, campeão olímpico e do US Open, que confirmou o estatuto de terceiro cabeça de série e ultrapassou o inspirado Ricardas Berankis, da Lituânia, ao cabo de três sets, por 6-3 6-4 7-5, colocando-se mais perto de repetir as finais alcançadas em 2010 e 2011. 
O britânico de vinte e cinco anos espera agora pelo fecho do encontro entre os franceses Gilles Simon e Gael Monfils para ficar a conhecer o seu próximo adversário.

Total
0
Shares
Total
0
Share