João Sousa derrotado por Andy Murray

Número um português e actual 100º colocado no ranking mundial masculino, João Sousa foi esta madrugada eliminado na segunda ronda do quadro principal do Australian Open pelo britânico Andy Murray, campeão olímpico e do US Ope na última temporada e finalista do torneio em 2010 e 2011. Apesar da derrota, João Sousa fez história ao atingir o quadro principal e a segunda ronda da prova pela primeira vez na sua carreira.
Em plena Hisense Arena, um dos maiores courts do complexo de Melbourne Park, João Sousa tinha pela frente o maior desafio da sua carreira ao disputar o número três mundial (numa fase da competição que nunca tinha atingido) e conseguiu protagonizar um bom encontro, acabando derrotado pelos parciais de 2-6 2-6 4-6 após uma hora e quarenta e um minutos de jogo.
Num dia em que as temperaturas atingiram os trinta e nove graus, João Sousa colocou 62% das primeiras bolas e venceu 63% desses pontos, tendo ganho dez dos dezanove pontos que disputou na rede e somado dezassete winners. O jogador vimaranense terminou com sessenta e três pontos ganhos no total, mais de dois terços dos conquistados pelo britânico (noventa e um).
Na terceira eliminatória, Andy Murray terá pela frente Richard Berankis, da Lituânia, enquanto João Sousa deverá entrar no top90 mundial pela primeira vez na sua carreira.

Total
0
Shares
Total
0
Share