João Sousa na segunda ronda em Melbourne

João Sousa voltou a escrever uma página da história do ténis português. Depois de ontem Maria João Koehler se ter apurado para a segunda ronda do quadro principal feminino, o jogador vimaranense garantiu nesta madrugada a passagem à segunda eliminatória da vertente masculina com uma vitória em três partidas.
No ano passado, Sousa havia sido derrotado na última ronda da fase de qualificação. Doze meses depois, voltava a Melbourne com entrada directa no quadro principal, fruto do 100º lugar que ocupa no ranking mundial e que lhe dá o estatuto de melhor jogador português da actualidade.
Frente ao jogador da casa John-Patrick Smith, que recebeu um wildcard para participar na prova e ocupa o 237º lugar no ranking mundial, João Sousa voltou – depois de ter derrotado o mesmo adversário no qualifying de Sydney há pouco mais de uma semana – a liderar completamente o encontro, triunfando por 6-4 6-1 6-4.
O jogador português foi superior em todo o encontro, vencendo 71% dos pontos após colocar a primeira bola e 62% depois de meter o segundo serviço, tendo ainda convertido 6 de 19 break points (contra apenas 2 de 8 por parte de Smith). No total, Sousa venceu 97 pontos, mais vinte e quatro que o seu adversário.
Com a vitória, a sua primeira em quadros principais do Grand Slam, João Sousa torna-se no segundo português a vencer um jogo no quadro principal de Melbourne em 2013 e defrontará agora o britânico Andy Murray, terceiro cabeça de série, que esta madrugada derrotou Robin Haase por 6-3 6-1 6-3.

Total
0
Shares
Total
0
Share