Roger Federer foi operado ao joelho e só regressa na época de relva

É uma notícia surpreendente: Roger Federer anunciou que foi operado ao joelho direito na quarta-feira e a fase de recuperação implica que o suíço só regressará ao circuito na época de relva, já no mês de julho.

Nas redes sociais, o ainda número três do mundo explicou que “o meu joelho direito tem-me incomodado há algum tempo e estava na esperança de que isso passasse mas depois de fazer exames e falar com os meus médicos decidi fazer uma cirurgia na Suíça. Depois da operação os médicos confirmaram que foi a coisa certa a fazer e estão muito confiantes numa recuperação total.”

A operação ao joelho implica que Federer falhe o ATP 500 do Dubai, os Masters 1000 de Indian Wells e Miami e o segundo torneio do Grand Slam da temporada, Roland Garros — o único torneio em terra batida com o qual planeava comprometer-se em 2020.

Feitas as contas, e se se confirmar o regresso a tempo do arranque da temporada de relva, o helvético de 38 anos voltará ao circuito com 4.450 pontos (atualmente tem 7.130) e ainda dentro do top 10 mundial, mas é certo que entretanto será ultrapassado por vários jogadores.

Este ano Roger Federer disputou apenas um torneio, o Australian Open, onde foi travado pelo futuro campeão Novak Djokovic nas meias-finais.

Última atualização às 10h31.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."