João Domingues volta a brilhar no Rio e garante o melhor ranking da carreira

Millennium Estoril Open

Depois de ter furado a fase de qualificação para se estrear em quadros principais de ATP 500, João Domingues garantiu o acesso à segunda ronda do Rio Open. Esta terça-feira, o oliveirense voltou a medir forças com Federico Gaio (que já tinha defrontado na última ronda do qualifying), que assumiu o lugar do lesionado Pedro Sousa. O tenista português venceu por 7-6(8) e 6-4 e, para além da estreia em segundas rondas de ATP 500, assegurou já o melhor ranking da carreira, uma vez que vai aproximar-se do 150.º lugar.

O arranque do tenista luso foi forte e resultou num break madrugador. No entanto, o serviço de Domingues foi um problema numa fase inicial do encontro e Gaio aproveitou para vencer quatro jogos consecutivos e inverter o resultado (de 0-2 para 4-2). O italiano passou o resto do parcial no comando, até chegar à altura de servir para vencer o primeiro set. Com um winner de direita na resposta a um segundo serviço, Domingues quebrou o serviço do transalpino e regressou à discussão do set.

A reta final do primeiro parcial foi empolgante. João Domingues iniciou muito bem o tie-break, com uma vantagem de 4-1, mas não conseguiu evitar que o adversário desse a volta ao resultado. Gaio dispôs dos primeiros dois set points, ambos salvos por Domingues. O português também teve duas oportunidades para concluir o parcial e, depois de falhar na primeira, não vacilou na segunda chance e adiantou-se no placard.

O segundo set destacou-se pela competência de ambos na hora de servir. João Domingues, mais confiante, foi quem ameaçou sempre chegar ao break e, ao sétimo jogo, acabou mesmo por consegui-lo. O primeiro ponto de break para Gaio na segunda partida surgiu quando o português servia a 5-4 para fechar o encontro. Domingues evitou a perda do jogo de serviço e, assim que surgiu o primeiro match point, concluiu o encontro da melhor maneira possível, com um potente winner de direita que colocou um ponto final na contenda, ao cabo de uma hora e 46 minutos.

A vitória de João Domingues é mais uma conquista histórica para o ténis português. O tenista de Oliveira de Azeméis tem à espera na segunda ronda o qualifier italiano Gianluca Mager (#128 ATP), que surpreendeu o norueguês Casper Ruud (#34). Domingues e Mager vão defrontar-se pela terceira vez, sendo que os anteriores encontros terminaram com uma vitória para cada lado.

Atualizado às 00h18.

Daniel Sousa
Adepto do desporto em geral mas com especial carinho pela "bolinha saltitona". O bichinho surgiu ainda Rafael Nadal não tinha mangas e não mais saiu. Chegada a oportunidade do Raquetc, juntamente com a minha ambição de ser jornalista, foi fácil aceitar juntar-me à equipa.