Frederico Silva surpreendido na estreia em Bérgamo

A prestação de Frederico Silva no Challenger de Bérgamo terminou de forma prematura, com o tenista português a ser derrotado no encontro de estreia da prova italiana.

Terceiro candidato ao título, o jogador natural das Caldas da Rainha (188.º) não conseguiu reunir armas para combater o sempre imprevisível Baptiste Crepatte (365.º), francês que é capaz do melhor e do pior e que esta quarta-feira se exibiu a um grande nível para vencer por 6-3 e 6-4.

Foi o primeiro torneio do ano em solo europeu para Silva, que antes de chegar a Bérgamo tinha ido a jogo na qualificação do Australian Open, do ATP 250 de Pune e no quadro principal do Challenger de Bengaluru, onde só foi travado por um top 100 mundial.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."