João Monteiro despacha favorito e chega às segundas meias-finais do ano

Três semanas, duas meias-finais para João Monteiro: o portuense de 26 anos continua a adicionar vitórias ao regresso “a tempo inteiro” à competição e na manhã desta sexta-feira voltou a derrotar um cabeça de série para avançar e chegar à penúltima fase do ITF de 15 mil dólares de Monastir, na Tunísia.

Um dia depois de ter deixado pelo caminho o terceiro candidato ao título, o atual número 1192 ATP passou com distinção (6-3 e 6-3) pelo quinto cabeça de série, Arnaud Bovy (570.º), para somar o sexto triunfo da semana.

O encontro foi sempre liderado por Monteiro, que fez a diferença de forma flagrante na conversão de break points: converteu três dos cinco de que dispôs — só no penúltimo jogo é que desperdiçou oportunidades — e salvou os três que enfrentou, destacando-se também pela quantidade de pontos (90%) ganhos com o primeiro serviço.

Nas meias-finais, as segundas desde que começou a competir em 2020, João Monteiro pode ter pela frente mais um jogador que faz parte da lista de pré-designados. Para isso é preciso que o romeno Filip Cristian Jianu (416.º) confirme o favoritismo sobre o qualifier suíço Remy Bertola (1148.º).

Mas para João Monteiro a jornada desta sexta-feira ainda não acabou: à tarde terá as meias-finais de pares para disputar ao lado do espanhol David Perez Sanz.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."