Raonic dispara 33 ases mas acaba afastado em Nova Iorque

O afastamento de Milos Raonic foi a grande surpresa da noite desta quarta-feira no New York Open. O tenista canadiano cedeu em três sets para o coreano Soonwoo Kwon, com os parciais de 7-6(4), 6-7(4) e 6-4.

O encontro foi todo ele muito equilibrado e as quebras de serviço foram praticamente inexistentes. Os dois primeiros parciais resumem-se a jogos de serviço ganhos por ambos e a dois tie-breaks com finais distintos. Kwon venceu o primeiro e Raonic venceu o segundo, forçando uma terceira partida.

Foi numa fase inicial do terceiro set que surgiu a única quebra de serviço da partida, que ditou o afastamento do canadiano. Apesar dos 33 ases registados ao longo de todo o encontro, Raonic não conseguiu evitar um jogo de serviço menos conseguido e, apesar de ainda ter tido um ponto de break no jogo seguinte, não conseguiu voltar à discussão do resultado.

Conquistada que está uma das maiores vitórias da sua carreira, Soonwoo Kwon segue para os quartos de final. O coreano vai defrontar o vencedor do confronto entre o oitavo cabeça de série, o britânico Kyle Edmund (#62 ATP), e o alemão Dominik Koepfer (#94).

New York Open
Resultados de quarta-feira

2.ª Ronda:
[6] Miomir Kecmanovic
d. Paolo Lorenzi, 6-3 e 6-3
Andreas Seppi d. Steve Johnson, 7-6(4) e 6-3
Soonwoo Kwon d. [2] Milos Raonic, 7-6(4), 6-7(4) e 6-4
[4] Ugo Humbert d. Marcos Giron, 6-1 e 6-0

Avatar
Adepto do desporto em geral mas com especial carinho pela "bolinha saltitona". O bichinho surgiu ainda Rafael Nadal não tinha mangas e não mais saiu. Chegada a oportunidade do Raquetc, juntamente com a minha ambição de ser jornalista, foi fácil aceitar juntar-me à equipa.