Pedro Sousa: “Estou contente por ter conseguido passar finalmente aos quartos de final”

Argentina Open

Dois anos depois de ter ficado a apenas um ponto de alcançar os primeiros quartos de final da carreira, no Millennium Estoril Open, Pedro Sousa conseguiu alcançar esse objetivo na terra batida de Buenos Aires. O lisboeta está a aproveitar da melhor forma a segunda oportunidade que lhe foi dada e a campanha na “argila” argentina já lhe valeu um lugar numa lista restrita do ténis nacional.

“Estou contente por ter conseguido passar finalmente aos quartos de final, já vêm com um ano ou dois de atraso depois daquele jogo com o João [Sousa] em que tive match points mas finalmente consegui”, começou por dizer o lisboeta de 31 anos ao Raquetc depois de somar a segunda vitória consecutiva (e terceira da semana) na capital Argentina.

Chamado ao quadro principal na condição de lucky loser para substituir Cristian Garín, Sousa não considera que o facto de ter tido uma “segunda oportunidade” lhe tenha retirado pressão mas reconheceu que reagiu bem à ocasião. “Fiz um bom qualifying em que tive uma boa vitória contra o Caruso e contra o Bagnis, que está em excelente forma, acabei por perder mas fiz um bom jogo e sabia que tinha chances de entrar porque era o primeiro jogador de fora. Estava preparado para jogar, felizmente entrei e também tive um bocadinho de sorte no quadro e aproveitei a oportunidade.”

Sobre o encontro desta quarta-feira, em que derrotou Jozef Kovalik em pleno Court Guillermo Vilas, o jogador que integra os quadros do Centro de Alto Rendimento da Federação Portuguesa de Ténis disse ter sido “um jogo bastante duro”.

“Nunca tinha jogado contra ele mas já o conhecia bem, é um jogador muito sólido que de vez em quando comete alguns erros mas também tem alturas do encontro em que joga muito bem e não dá qualquer hipótese. Eu consegui aguentar-me, não vacilei nos momentos importantes e estou muito contente com a minha prestação de hoje”, concluiu o o atual número dois nacional, que com este resultado já garantiu a reentrada no top 130 do ranking mundial.

O próximo adversário de Pedro Sousa em Buenos Aires sairá do encontro entre o quarto cabeça de série, o croata Borna Coric, e o brasileiro Thiago Monreiro.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."