Inofensivo perante Raonic, Tsitsipas diz adeus ao Australian Open

O grego Stefanos Tsitsipas foi, esta sexta-feira, afastado do Australian Open. Depois de ter alcançado as meias-finais em 2019, o número 6 do Mundo ficou pela terceira ronda na presente edição, depois de ser batido pelo canadiano Milos Raonic (#35 ATP). O antigo número 3 do Mundo venceu tranquilamente por 7-5, 6-4 e 7-6(2).

O helénico apresentou-se muito apático no capítulo da resposta, tendo em conta aquilo que são as dificuldades habitualmente impostas por Tsitsipas nas respostas ao serviço dos oponentes. Perante Raonic, o grego pouco pôde fazer para contrariar os 19 ases e os 89% de pontos ganhos com a primeira bola por parte do canadiano.

O primeiro set manteve-se equilibrado até à reta final, onde Tsitsipas acabou por claudicar. A servir a 5-5, o grego ofereceu os primeiros três break points do encontro a Raonic, que não se fez rogado e precisou de apenas dois para avançar para o 6-5 e fechar de seguida o set com um jogo de serviço praticamente perfeito.

A segunda partida foi exatamente o contrário, com o break a surgir logo no primeiro jogo e não numa fase mais adiantada. Raonic saiu ao ataque para a segunda partida e, ao quarto break point, quebrou o serviço a Tsitsipas. A vantagem do canadiano durou até ao final, ainda que tenham sido precisos cinco set points para o tenista de 29 anos confirmar a vantagem de dois sets a zero.

Encostado à parede e obrigado a vencer o terceiro set para se manter em jogo, Tsitsipas não pareceu muito pressionado durante o parcial. O grego venceu os jogos de serviço com relativa facilidade como, de resto, Raonic fez. Os dois jogaram um tie-break para desempatar o set e aí o canadiano foi imperial. Raonic chegou a um resultado de 6-1 de forma muito rápida e colocou Tsitsipas a enfrentar cinco match points. O campeão em título do Millennium Estoril Open ainda salvou o primeiro, mas acabou por cair perante a segunda tentativa.

Numa partida onde apontou uns impressionantes 55 winners (contra 23 de Tsitsipas), Milos Raonic garantiu o regresso à segunda semana do Australian Open. O canadiano vai defrontar o croata Marin Cilic (#39 ATP) na quarta ronda, depois deste ter saído vencedor de uma maratona de quatro horas e 13 minutos perante Roberto Bautista Agut (#9), com parciais de 6-7(3), 6-4, 6-0, 5-7 e 6-3.

Atualizado às 11h38.

Avatar
Adepto do desporto em geral mas com especial carinho pela "bolinha saltitona". O bichinho surgiu ainda Rafael Nadal não tinha mangas e não mais saiu. Chegada a oportunidade do Raquetc, juntamente com a minha ambição de ser jornalista, foi fácil aceitar juntar-me à equipa.