O adeus de uma vencedora: Dominika Cibulkova anuncia retirada do ténis profissional

A eslovaca Dominika Cibulkova anunciou, aos 30 anos de idade, que se vai retirar do ténis profissional. A decisão foi anunciada esta terça-feira, dia em que a agora ex-tenista lançou a sua autobiografia, intitulada Tenis je môj život (O Ténis é a Minha Vida).

A antiga número cinco do Mundo estava ausente dos courts desde Roland Garros. De acordo com a publicação de Cibulkova no Instagram, “o que começou como uma lesão recorrente no tendão de Aquiles revelou-se como um dos momentos mais difíceis da carreira”. O problema físico levou a que, ao fim de muita consideração, a atleta nascida em Bratislava tenha decidido pendurar as raquetes.

Para a história fica a conquista do WTA Finals em 2016, numa final perante a alemã Angelique Kerber, líder do ranking mundial à data. Para além disso, Cibulkova fica nos livros como a primeira tenista eslovaca a chegar à final de um Grand Slam, tendo perdido a grande decisão do Australian Open, em 2014, para a chinesa Li Na.

A antiga número quatro do Mundo (em março de 2017) despede-se da competição profissional com oito títulos de singulares num total de 21 finais disputadas, numa carreira marcada ainda pelas constantes presenças na Fed Cup ao serviço da Eslováquia e por duas presenças nos Jogos Olímpicos, em Pequim (2008) e Londres (2012).

Avatar
Adepto do desporto em geral mas com especial carinho pela "bolinha saltitona". O bichinho surgiu ainda Rafael Nadal não tinha mangas e não mais saiu. Chegada a oportunidade de me juntar ao Raquetc, juntamente com a minha ambição de ser jornalista, foi fácil aceitar juntar-me à equipa.