Maia Jovem promovido à restritíssima “Super Categoria” da Tennis Europe

A poucos dias de servir de palco ao regresso do ATP Challenger Tour quase duas décadas depois, há mais uma boa notícia relacionada com a cidade da Maia: a prestigiada Taça Internacional Maia Jovem (torneio internacional de sub 14) foi promovida pela Tennis Europe à nova e muito restrita “Super Categoria”.

O torneio internacional que acontece no Complexo Municipal de Ténis da Maia desde 1993 já era um dos 13 mais importantes da Europa e agora tornou-se num dos cinco escolhidos para a nova categoria. Para além de mais pontos para o ranking, oferecerá condições e serviços únicos a todos os participantes.

À Taça Internacional Maia Jovem juntam-se a ONE-SGM Christmas Cup (Khimki, Rússia), o famoso Les Petit As (em Tarbes, França e considerado o Campeonato do Mundo do escalão), o Kungens Kanna & Drottningens Pris (Estocolmo, Suécia) e a Internationale Deutsche Tennismeisterschaften (Dueren, Alemanha).

Como explica a Tennis Europe no comunicado emitido, entre outras condições “os torneios de Super Categoria têm de oferecer hospitalidade completa a todas as seleções nacionais e jogadores individuais, almoço e jantar gratuito para os jogadores da fase de qualificação, transportação entre o recinto e o hotel e a transmissão de encontros e resultados em direto”, bem como “assegurar que o juíz-árbitro é apoiado por um juíz-árbitro assistente e que existem árbitros de cadeira desde a primeira ronda do quadro principal e juízes de linha e apanha-bolas a partir das meias-finais.”

A Taça Internacional Maia Jovem de 2020 já tem datas marcadas: começa a 30 de março e só termina a 5 de abril.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."