WTA Finals: Lesão de Osaka abre oportunidade a Bertens

Fotografia: WTA Insider

Depois de ter ganho o encontro de estreia no Grupo Vermelho, a japonesa Naomi Osaka anunciou a desistência das WTA Finals, na sequência de uma lesão no ombro.

A tenista nipónica revelou que a lesão surgiu pela primeira vez na final em Pequim, há três semanas, e que agora voltou a incomodá-la. A desistência da antiga número um do Mundo abriu caminho para a holandesa Kiki Bertens, a primeira alternate da prova.

Com a saída de Osaka, as contas do Grupo Vermelho fazem-se agora desta forma:

  • Se Ashleigh Barty derrotar Kiki Bertens esta terça-feira, apura-se automaticamente para a próxima fase, juntamente com a vencedora do encontro entre Belinda Bencic e Petra Kvitova. Se a vitória for para Bencic, Barty vence o grupo e Bencic fica em segundo lugar. Se Petra Kvitova vencer, a vencedora do grupo vai sair do encontro entre Kvitova e Barty na próxima quinta-feira, com a derrotada desse encontro a ficar em segundo lugar.
  • Se Kiki Bertens e Petra Kvitova vencerem esta terça-feira, Belinda Bencic é eliminada e os jogos de quinta-feira vão determinar quais das três jogadoras restantes seguem em frente.
  • Se Kiki Bertens e Belinda Bencic venceram esta terça-feira, as quatro jogadoras têm ainda uma hipótese de seguir para as meias-finais e a classificação será definida na quinta-feira.
Avatar
Adepto do desporto em geral mas com especial carinho pela "bolinha saltitona". O bichinho surgiu ainda Rafael Nadal não tinha mangas e não mais saiu. Chegada a oportunidade do Raquetc, juntamente com a minha ambição de ser jornalista, foi fácil aceitar juntar-me à equipa.