Pequim. Osaka garante regresso ao top 3 com segundo título consecutivo

Fotografia: WTA Insider

A japonesa Naomi Osaka venceu, este domingo, o China Open, em Pequim. Depois de ter sido campeã na semana passada em Osaka, sua cidade natal, a tenista nipónica repetiu a receita em solo chinês e venceu a australiana Ashleigh Barty na final, com os parciais de 3-6, 6-3 e 6-2.

O jogo teve sempre momentos de muito equilíbrio entre as duas atletas e as quebras de serviço foram escassas. Barty foi a primeira a quebrar o serviço a Osaka e a partir desse break construiu a vitória no primeiro set. A mesma receita foi aplicada pela japonesa na segunda partida, pelo que só um terceiro set pôde decidir a campeã.

O terceiro parcial foi o mais desnivelado, com Osaka a conseguir o break logo no jogo inaugural e a fechar mais tarde com uma segunda quebra de serviço que a colocou na posição de servir para fechar o encontro.

Este é já o terceiro título da temporada e o quinto da carreira para a jovem de 21 anos. Na próxima segunda-feira, Naomi Osaka vai regressar ao top 3 mundial, por troca com Elina Svitolina. O segundo lugar, de Karolina Pliskova, está ainda à distância de 394 pontos.

Avatar
Adepto do desporto em geral mas com especial carinho pela "bolinha saltitona". O bichinho surgiu ainda Rafael Nadal não tinha mangas e não mais saiu. Chegada a oportunidade de me juntar ao Raquetc, juntamente com a minha ambição de ser jornalista, foi fácil aceitar juntar-me à equipa.