Pequim. Osaka coloca fim na série de vitórias de Andreescu e segue para as meias-finais

Fotografia: WTA Insider

Os quartos de final do China Open, em Pequim, encerraram com um verdadeiro thriller entre Bianca Andreescu e Naomi Osaka. A canadiana chegou ao encontro com três séries invictas ainda de pé, mas acabou por ceder em três sets, com os parciais de 5-7, 6-3 e 6-4, para a antiga número um mundial.

O encontro começou com a jovem canadiana a todo o gás. Andreescu esteve sempre muito agressiva na resposta e, num abrir e fechar de olhos, colocou-se a vencer por 5-1. Em larga desvantagem, Naomi Osaka iniciou a recuperação e chegou mesmo a igualar o set a cinco jogos. Andreescu conseguiu depois recuperar o foco, vencer os dois jogos seguintes e colocar-se a um set de manter as séries invictas vivas.

No segundo parcial, a número seis do Mundo voltou a ser a primeira a chegar ao break de vantagem. Contudo, Osaka acabou a vencer cinco dos últimos seis jogos e empurrou a partida para a “negra” onde, uma vez mais, conseguiu recuperar de uma desvantagem de um break para vencer a partida.

Com a vitória, Naomi Osaka colocou um fim em três séries de Bianca Andreescu: a série de 17 vitórias consecutivas, a série de 13 vitórias consecutivas em encontros com três sets, e a série de oito vitórias consecutivas – nos oito jogos que tinha disputado até hoje – contra tenistas do top 10 mundial.

Nas meias-finais, a atual número quatro do Mundo vai defrontar a dinamarquesa Caroline Wozniacki (19.ª), que venceu Daria Kasatkina por 6-3 e 7-6(5). A outra meia-final vai opor Ashleigh Barty – venceu Petra Kvitova por 4-6, 6-4 e 6-3 – a Kiki Bertens, que venceu Elina Svitolina por 7-6(6) e 6-2.

Avatar
Adepto do desporto em geral mas com especial carinho pela "bolinha saltitona". O bichinho surgiu ainda Rafael Nadal não tinha mangas e não mais saiu. Chegada a oportunidade de me juntar ao Raquetc, juntamente com a minha ambição de ser jornalista, foi fácil aceitar juntar-me à equipa.