Frederico Silva volta a arrasar e garante um português nos quartos de final em Tavira

TAVIRA — Dois dias, duas exibições (muito) autoritárias e assim Frederico Silva já está nos quartos de final do quadro principal de singulares do Tavira Tennis Open, o torneio que marca o regresso do jovem caldense ao circuito ITF mais de um ano depois.

Se na eliminatória de estreia não deu hipóteses ao compatriota Fábio Coelho, esta quinta-feira o número quatro português no ranking ATP (é o 240.º colocado) ultrapassou o russo Ivan Davydov novamente em duas partidas, mas com os parciais de 6-2 e 6-2.

Segundo candidato à vitória no Tavira Tennis Open, mas claramente acima de toda a concorrência no que diz respeito ao nível de ténis que está a praticar, salvou o único ponto de break que enfrentou e converteu quatro dos sete que conseguiu criar para somar mais uma vitória muito rápida — esteve apenas 68 minutos em court.

Com a segunda vitória no Tavira Tennis Open, Frederico Silva junta-se a Tiago Cação no restrito grupo de portugueses apurados para os quartos de final. E o penichense será precisamente o próximo adversário do caldense, um duelo entre dois tenistas do Oeste do país que já teve quatro edições — todos favoráveis ao pupilo de Pedro Felner e três deles em finais (Vale do Lobo, Carcavelos e Sintra, em 2018).

Última atualização às 14h54.

[2] Frederico Silva (POR) vs. Ivan Davydov (RUS), 2R Tavira Tennis Open 2019:

Publicado por Raquetc em Quinta-feira, 3 de outubro de 2019

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."