João Sousa travado por estrela da casa no regresso a Tóquio

Terminou com uma derrota o regresso de João Sousa a torneios ATP 500. Depois de boas campanhas em São Petersburgo (Rússia) e Chengdu (China), da categoria inferior, o número um nacional não conseguiu entrar com o pé direito em Tóquio, no Japão.

Frente a frente com Yoshihito Nishioka pela segunda vez, o melhor tenista português de todos os tempos voltou a falhar a vitória — desta vez, foi afastado com os parciais de 7-5 e 6-3 ao cabo de 1h28.

Afastado na eliminatória inaugural do maior torneio disputado em solo japonês, João Sousa (que não está no quadro de pares) ruma agora a Xangai, onde vai disputar o penúltimo ATP Masters 1000 da temporada.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."