Tiago Cação supera dura batalha e já está nas meias-finais do Campeonato Nacional

Fotografia: André Ferreira/Federação Portuguesa de Ténis

FUNCHAL — Manhã difícil para Tiago Cação na Quinta Magnólia, no Funchal. O segundo candidato ao título teve de trabalhar muito para recuperar da desvantagem de um set e seguir para as meias-finais do quadro principal de singulares do Campeonato Nacional Absoluto/Taça Guilherme Pinto Basto.

Favorito à vitória mas com uma tarefa difícil pela frente, o tenista de 21 anos superou um mau arranque para derrotar o campeão nacional de juniores Manuel Gonçalves, de 17 anos, com os parciais de 1-6, 1-6, 6-3 e 6-4.

A disputar o segundo encontro da semana nos recentemente renovados courts da quinta madeirense, Tiago Cação não entrou bem. Desconcentrado, pouco assertivo e ainda menos agressivo, o penichense encontrou, por outro lado, um Manuel Gonçalves muito sólido e confiante que lhe deu pouca margem no primeiro parcial, conseguindo quebrar por três vezes o serviço do adversário.

Na segunda partida, o jogador do Centro de Alto Rendimento conseguiu começar a discutir o encontro e partiu para a luta, fazendo a primeira “ferida” para, a partir daí, começar a construir, ainda que com custo, uma reviravolta que acabou por selar com o serviço, ao 10.º jogo, depois de ter feito o break no anterior.

Apurado para as meias-finais, Tiago Cação fica à espera da conclusão do encontro entre Francisco Cabral e José Ricardo Nunes para conhecer o próximo adversário.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."