Com os olhos no título mas “passo a passo”, Tiago Cação está nos quartos de final do Campeonato Nacional

FUNCHALTiago Cação chegou ao Funchal como o segundo cabeça de série do Campeonato Nacional Absoluto mas não quer pensar já no título. Com muito por jogar e muito a melhorar, prefere pensar “jogo a jogo” mas a verdade é que já está nos quartos de final, a fase em que há um ano foi derrotado.

No encontro de estreia, o tenista do Centro de Alto Rendimento da Federação Portuguesa de Ténis ultrapassou João Graça, por 6-2 e 6-4, com uma prestação em que foi notório que ainda não está totalmente habituado às condições de jogo nem satisfeito, ou não fosse ele um jogador ambicioso.

“Demorei um bocadinho a habituar-me às condições, aqui há muita humidade e os campos estão rápidos”, confessou ao Raquetc depois de selar a vitória. “Não me senti muito bem ao longo do jogo mas consegui ser regular e isso foi o mais importante para conseguir vencer.”

Do outro lado da rede esteve um adversário que já tinha disputado dois encontros (um no qualifying, um no quadro principal) e apesar de estar a treinar nos courts da Quinta Magnólia desde o fim de semana Tiago Cação considerou que “parecendo que não isso faz toda a diferença. Ele já vinha bastante mais rodado enquanto eu estava a jogar pela primeira vez.”

Quando questionado sobre o título que está em jogo, o tenista natural de Peniche começou por revelar que “não gosto de vir para os torneios a pensar logo no título”, explicando que “ainda faltam muitos jogos, muitos problemas e muitos pontos de breakset points contra. Venho a pensar que quero continuar a evoluir o meu ténis e dar o meu melhor.”

Mas a ambição está lá e numa segunda oportunidade não a esconde. “O objetivo é chegar à final, talvez o título… Vamos ser ambiciosos e falar do título, porque não?”

Para continuar a caminhar nessa direção, terá de passar por Manuel Gonçalves. O jogador natural do Porto sagrou-se recentemente campeão nacional de juniores e esta terça-feira entrou com uma vitória autoritária na prova, sendo ainda o tenista com o qual Tiago Cação vai a jogo na variante de pares.

As expetativas? “Estou naturalmente à espera de um encontro difícil. Joguei contra ele em Sintra [no ITF de 15.000 dólares da Beloura Tennis Academy] e correu bem mas espero um encontro difícil, ele é um bom jogador, está confiante e tem estado a jogar bem.”

Quem também avançou para os quartos de final do Campeonato Nacional Absoluto foi Paulo Fernandes. O quinto cabeça de série levou a melhor num encontro entre jogadores do Lawn Tennis Clube da Foz, frente a Bernardo Roque, com os parciais de 6-1 e 6-3 para marcar encontro com Fábio Coelho, que há um ano surpreendeu Tiago Cação para chegar às meias-finais do Campeonato Nacional Absoluto. O oliveirense é o terceiro cabeça de série.

Tiago Cação vs. João Graça, 2R Campeonato Nacional Absoluto:

Publicado por Raquetc em Terça-feira, 17 de setembro de 2019

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."