Gonçalo Oliveira entra a ganhar em Xangai

Gonçalo Oliveira .1

O português Gonçalo Oliveira estreou-se esta madrugada com uma vitória no Challenger de Xangai. O número 254 do Mundo bateu Tak-Khunn Wang (345.º), com os parciais de 6-7(3), 6-3 e 6-4, e carimbou o apuramento para a terceira ronda da prova.

A defender o estatuto de 16.º cabeça de série, que lhe permitiu ter um bye na primeira ronda, Gonçalo Oliveira até entrou bem no encontro. O portuense dispôs de quatro break points no primeiro jogo, mas não conseguiu aproveitar. De resto, estes foram os únicos break points que se jogaram em todo o primeiro set. O parcial acabou por ser decidido no tie-break, onde Wang foi mais forte.

A resposta do português surgiu no segundo set. Depois de já ter salvo três break points e de ter desperdiçado outro, o jogador luso conseguiu mesmo chegar à quebra de serviço ao sexto jogo. O break solitário acabou por ser suficiente para forçar uma terceira partida, dada a incapacidade de Wang em reagir.

O terceiro parcial começou novamente com Gonçalo Oliveira ao ataque e a desperdiçar break points. O português, no entanto, avançou para o 3-2 com um break ao quinto jogo, e aguentou a vantagem até ao final. No último jogo, com Oliveira a servir a 5-4 para a vitória, Wang ainda teve três break points, mas foram todos salvos com categoria pelo português.

Na terceira ronda da prova, o grau de dificuldade vai aumentar. O tenista de 24 anos vai medir forças com o melhor cotado em prova, o indiano Prajnesh Gunneswaran (85.º), que venceu James Ward (291.º) por 6-4 e 7-6(3).

Avatar
Adepto do desporto em geral mas com especial carinho pela "bolinha saltitona". O bichinho surgiu ainda Rafael Nadal não tinha mangas e não mais saiu. Chegada a oportunidade de me juntar ao Raquetc, juntamente com a minha ambição de ser jornalista, foi fácil aceitar juntar-me à equipa.