Seleção feminina de ténis de mesa na final do Campeonato da Europa

A participação da seleção nacional feminina no Campeonato da Europa de Ténis de Mesa por Equipas em Nantes, França, está a correr de feição e na tarde deste sábado as jogadoras portuguesas carimbaram o apuramento para a grande final.

Já com uma medalha garantida — no ténis de mesa a medalha de bronze é entregue aos semifinalistas —, a equipa portuguesa (que ocupa a 26.ª posição no ranking europeu) derrotou a Hungria, por 3-1.

A primeira vitória foi assinada por Fu Yu — que há cerca de dois meses conquistou a medalha de ouro nos Jogos Europeus —, que impôs os parciais de 3-0 (11-9, 11-5 e 11-9) a Dora Madarasz, e a vantagem aumentou rapidamente, com Jieni Shao a superar Georgina Pota por 3-1 (11-7, 7-11, 11-9 e 11-9).

Depois, a seleção da Europa de Leste conseguiu reduzir — Szandra Pergel passou por Leila Oliveira com 3-1 (11-13, 11-5, 11-7 e 11-8) —, mas o selecionado luso voltou à carga e por intermédio de Fu Yu (11-9, 11-4, 7-11 e 11-4 a Georgina Pota) selou a passagem ao encontro decisivo.

A final de domingo colocará frente a frente Portugal e Roménia, que superou a equipa da Polónia por 3-1.

A prestação de Portugal neste Campeonato da Europa pode tornar-se ainda mais histórica, uma vez que na tarde deste sábado a seleção masculina também disputa a passagem à final da competição, frente à Suécia.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."