Francisco Cabral falha por pouco o título de pares em São Brás de Alportel

SÃO BRÁS DE ALPORTEL — A primeira de duas finais da segunda edição do SBA Tennis Open não terminou com vitória portuguesa por um triz: a jogar ao lado de Luke Johnson, Francisco Cabral esteve perto de erguer o mais desejado dos troféus, mas acabou derrotado numa decisão extremamente equilibrada.

À procura do segundo título do ano, o tenista portuense que integra a equipa do Centro de Alto Rendimento do Jamor entrou com o pé direito mas acabou por ver o sueco Simon Freund e o norte-americano Beltran Moreno de Alboran consumarem a reviravolta para vencerem por 5-7, 6-4 e 10-7 ao cabo de 1h33.

Primeiros cabeças de série, Cabral e Johnson lideraram por 6-2 no match tie-break, mas a vantagem revelou-se insuficiente e a partir desse momento só conseguiram pontuar por mais uma vez.

Encerrada a final de pares, fica apenas por disputar a de singulares, que também terá representação portuguesa: Frederico Gil é o primeiro cabeça de série e vai tentar ir um passo mais longe do que há um ano precisamente frente a Simon Freund.

[1] Francisco Cabral (POR) & Luke Johnson (GBR) vs. Simon Freund (SUE) & Beltran Moreno de Alboran (EUA), FINAL de pares #SBATennisOpen:

Publicado por Raquetc em Sábado, 7 de setembro de 2019

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."