A veterana e a estreante: Serena Williams e Bianca Andreescu na final do US Open

Fotografia: Mike Lawrence/USTA

De um lado, uma norte-americana à procura de igualar o recorde de Grand Slams ganhos de Margaret Court. Do outro, uma jovem canadiana que se apresentou ao mundo do ténis esta temporada e que está a um passo de conquistar o primeiro Major da carreira. A final feminina do US Open ficou decidida esta sexta-feira: Serena Williams e Bianca Andreescu vão reeditar a final da Rogers Cup, que a canadiana venceu devido à retirada por lesão de Serena.

Esta madrugada, a primeira a entrar em court foi a mais nova das irmãs Williams, que defrontou a ucraniana Elina Svitolina. Svitolina, que chegou a esta fase da prova a jogar a um bom nível e de forma muito consistente, acabou por ser dominada por uma exibição imponente de Serena. Se a ucraniana ainda conseguiu ameaçar o break no primeiro jogo, Serena conseguiu concretizá-lo no jogo seguinte e fez uso disso para conquistar a primeira partida.

O segundo set foi muito diferente, com a norte-americana a pôr em prática todo o seu arsenal e a acabar por triunfar com os parciais de 6-3 e 6-1, num encontro que durou uma hora e 11 minutos e onde Serena “disparou” 34 winners.

Logo de seguida foi a vez de duas estreantes em meias-finais do Grand Slam discutirem o apuramento para a final. A suíça Belinda Bencic e a canadiana Bianca Andreescu defrontaram-se pela primeira vez na história, num encontro extremamente equilibrado.

Na verdade, o primeiro set não teve qualquer quebra de serviço e só o tie-break pôde decidir uma vencedora. De forma exemplar, Andreescu chegou ao 5-0 e colocou-se em grande posição para fechar a primeira partida. Bencic ainda veio a conseguir vencer três pontos, mas a canadiana não deixou escapar a oportunidade e conquistou o set.

O segundo parcial parecia que ia ser ganho pela helvética, mas Bianca Andreescu conseguiu uma reviravolta improvável. Bencic chegou a uma vantagem de 5-2 e ia servir para levar o encontro para o terceiro set. Sem se dar por vencida, Bianca Andreescu foi recuperando, jogo a jogo, e acabou a vencer cinco jogos consecutivos – três no serviço de Bencic – para consumar a reviravolta e vencer com os parciais de 7-6(3) e 7-5.

Na final, Serena Williams vai em busca do 24.º título em Grand Slams, enquanto que Bianca Andreescu procura fazer ainda mais história numa temporada que tem sido um sonho. Ainda que em circunstâncias muito específicas – a tal lesão que obrigou Serena a retirar-se -, o confronto direto é favorável à jovem de 19 anos, que triunfou na final da Rogers Cup.

Avatar
Adepto do desporto em geral mas com especial carinho pela "bolinha saltitona". O bichinho surgiu ainda Rafael Nadal não tinha mangas e não mais saiu. Chegada a oportunidade de me juntar ao Raquetc, juntamente com a minha ambição de ser jornalista, foi fácil aceitar juntar-me à equipa.