Cinco portugueses entram a ganhar no qualifying do BTA Futures II

As primeiras pancadas começaram a ser desferidas esta segunda-feira na Beloura Tennis Academy, com o arranque da fase de qualificação do segundo torneio de categoria Future que o recinto acolhe de forma consecutiva. No primeiro dia de prova, cinco portugueses venceram os respetivos compromissos e avançaram para a última ronda do qualifying.

O primeiro tenista luso a sair vitorioso no dia de hoje foi Miguel Gomes, 14.º cabeça de série, que deu início à ação no Court 8 com uma vitória clara sobre o indiano Aditya Katticaren, com parciais de 6-1 e 6-0. No mesmo court, Manuel Gonçalves surpreendeu de seguida o também indiano Paramveer Singh Bajwa, 16.º pré-designado desta fase da prova. O tenista nascido em 2001 venceu com parciais de 6-4 e 6-4 e colocou-se a uma vitória de garantir o apuramento para o quadro principal.

No Court 9, o wild card Bernardo Roque surpreendeu o quarto cabeça de série, João Graça, e venceu um encontro 100% português com parciais de 2-6, 6-1 [11-9]. Mais ou menos à mesma hora, mas no Court 10, Valentin de Carvalho não conseguiu contrariar o favoritismo do britânico Llewelyn Bevan e acabou por ceder pelos parciais de 4-6, 6-1 [10-3].

No único encontro do dia no Court 11, Illia Stollar não conseguiu levar a melhor sobre o sexto melhor cotado, o francês Quentin Gueydan. O tenista luso cedeu no super tie-break, com parciais de 4-6, 6-3 [10-2].

Quem também acabou arredado mais ou menos ao mesmo tempo foram David Carvalho, no Court 12, e Duarte Melo, no Court 13. O primeiro não evitou uma bicicleta (6-0 e 6-0) diante do britânico Alexander Romay, 11.º pré-designado, ao passo que o segundo perdeu um duelo 100% luso perante o nono melhor cotado, André Rodeia, por 6-3 e 6-0.

O Court 13 deveria ter ainda recebido o encontro entre Paulo Fernandes e Elyas Abdulnabi, do Bahrain. Porém, o tenista português anunciou a desistência antes do encontro e o adversário garantiu a vitória via walkover. No Court 12, em novo duelo entre Portugal e Bahrain, Hugo Maia bateu Hasan Abdulnabi por 6-3 e 6-3 e foi o último tenista luso a vencer esta segunda-feira, uma vez que Sebastiano Correia Cortez acabou derrotado pelo uzbeque Grigoriy Korobeynikov, pelos parciais de 6-2 e 6-1.

Esta terça-feira, os tenistas lusos voltam ao court para discutir o acesso ao quadro principal. Aos vencedores do primeiro dia de prova vai juntar-se Gonçalo Falcão, que beneficiou de um bye por ser o melhor cotado desta fase do torneio.

Eis o panorama atual da fase de qualificação:

Quadros principal e de pares arrancam esta terça-feira

Para além dos restantes jogos da fase de qualificação, também o quadro principal e o quadro de pares arrancam esta terça-feira na Beloura Tennis Academy, com muitos tenistas portugueses à mistura.

O Court 12 vai receber os primeiros portugueses no quadro principal, com Luís Faria a medir forças com o brasileiro Pedro Gabriel Rodrigues. Logo a seguir, Tiago Cação e Pedro Araújo discutem o acesso à segunda ronda num duelo 100% português.

Para além destes dois encontros, também várias duplas com tons lusos vão entrar em ação no segundo dia de prova. Entre elas estão quatro duplas totalmente portuguesas, com destaque para os principais cabeças de série, Gonçalo Falcão e Francisco Cabral.

Confira a ordem de jogos para esta terça-feira:

Avatar
Adepto do desporto em geral mas com especial carinho pela "bolinha saltitona". O bichinho surgiu ainda Rafael Nadal não tinha mangas e não mais saiu. Chegada a oportunidade de me juntar ao Raquetc, juntamente com a minha ambição de ser jornalista, foi fácil aceitar juntar-me à equipa.