Luís Faria supera batalha de duas horas e meia para seguir em frente em Sintra

SINTRA — So far, so good para a comitiva portuguesa no que diz respeito à jornada desta quarta-feira no BTA Futures, o ITF de 15.000 dólares que se joga pelo terceiro ano consecutivo na Beloura Tennis Academy, em Sintra.

Luís Faria conseguiu sair por cima de um encontro muito disputado com o indiano Terence Das (vindo da fase de qualificação) e ao fim de 2h34 venceu, por 6-2, 3-6 e 6-3, para se tornar no quarto vencedor português do dia.

O jogador vimaranense entrou muito bem no encontro e conseguiu ganhar vantagem logo no jogo inaugural graças à primeira quebra de serviço, mas no segundo set viu o tenista indiano retaliar e a partir desse momento o duelo passou a ser bastante mais disputado de parte a parte. Por isso, só no terceiro parcial — e depois de várias investidas e breaks de parte a parte — se conheceu um vencedor, com Luís Faria a sair por cima para se juntar a Francisco Cabral (o primeiro a vencer, logo na jornada de terça-feira), Tiago Cação, Gonçalo Falcão e Fábio Coelho na segunda ronda do quadro principal de singulares.

Este resultado permite ao jogador do Centro de Alto Rendimento marcar encontro na segunda eliminatória com o oitavo cabeça de série, Francesco Vilardo, italiano que travou a campanha de Pedro Araújo graças a um triunfo por 6-4 e 6-3.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."