Rafael Nadal fixa novo recorde de finais em ATP Masters 1000

Há dias assim, em que tudo corre bem sem que seja preciso fazer… Alguma coisa. Foi o caso de Rafael Nadal, que nem teve de entrar em jogo para seguir em frente e assim matou três coelhos de uma cajadada só: está na final da Rogers Cup, vai continuar como número dois do mundo e é o novo recordista de finais em torneios da categoria ATP Masters 1000.

O tenista maiorquino de 33 anos beneficiou da desistência de Gael Monfils ainda antes de entrar em campo e assim viu confirmado o apuramento para a 51.ª final da carreira em ATP Masters 1000, um registo que lhe permite distanciar-se da marca alcançada por Roger Federer.

Mais finais em Masters 1000:

51. Rafael Nadal
50. Roger Federer
49. Novak Djokovic
33. Ivan Lendl
29. Jimmy Connors
26. John McEnroe
23. Andre Agassi
21. Andy Murray, Boris Becker
20. Bjorn Borg

Mas há mais: atualmente, o maiorquino também detém o recorde de mais títulos em provas da categoria (34) e pode distanciar-se ainda mais de Novak Djokovic (que tem 33) caso derrote Daniil Medvedev na grande decisão deste domingo.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."